Expectativa irreal dos Tech Leads

Tech leads de primeira viagem costumam ter um pensamento que é paralisante. Líderes iniciando, no geral acabam enfrentando isso.

Imagine a seguinte situação: É seu primeiro dia como tech lead de um time e um dev jr empolgado diz que está muito feliz com a sua chegada pois estão com dificuldade no app que estão desenvolvendo. Imagine agora, que o app é em Android, mas você nunca sequer programou uma linha de código que tivesse a ver com um aplicativo porque foi desenvolvedor backend a vida toda. O dev veio cheio de expectativas e você não faz ideia de como ajudar, sem ser se debruçado sobre o problema e aprendendo para poder ensinar.

Lembro da primeira vez que precisei liderar um time de desenvolvimento mobile. Dois dias antes do início do novo dev Android, comecei a ler sobre o assunto e instalei o Android Studio pois não estava me sentindo confortável para estar a frente de um projeto que eu não sabia como programar. Obviamente eu jamais teria tempo de ter estudado tudo o que ele sabia e mais um pouco para servir como a “referência técnica” que eu achava que deveria ser.

Essa expectativa irreal de ter que saber tudo sobre toda a stack ou ser quem mais sabe de tecnologia no time é paralisante.

Nesta situação lembro de conversar com o CEO da empresa que me explicou o porquê não fazia o sentido que um líder tivesse que saber tudo para garantir que as outras pessoas estivessem fazendo um bom trabalho. O importante é transportar seu conhecimento de uma área para outra perguntando para entender como a outra pessoa está pensando nos casos que você pensaria.

Na situação tanto o TL como o Jr tem expectativas irreais. Para o jr em início de carreira é normal não saber o que esperar dos líderes próximos.

Já o TL precisa fazer as perguntas certas, ler código e ser curioso quanto a um know-how que ainda não tem para poder aprender mais e deve contar com aquela pessoa para tomar as melhores decisões possíveis, dentro das possibilidades discutidas. Tentar entender mais sobre o escopo, padrões utilizados e o que está sendo feito, ajuda a garantir boas decisões.

Publicado originalmente no Instagram, me segue lá:

Tech Leads deveriam gerenciar pessoas?

Tech Leads deveriam gerenciar pessoas? Alguns líderes técnicos tem um frio na espinha só de pensar nisso. Outros, que já estão fazendo isso no dia-a-dia se lamentam e acreditam que essa é a grande dificuldade do trabalho deles e que deveriam focar só na parte técnica. Porém, na minha opinião, a resposta para essa pergunta é um grande e sonoro SIM.

No entanto, para muitos Tech Leads, essa é uma dor. É como se essa fosse a parte do trabalho que mais cria ansiedade, como aquela palpitação antes de ter um 1-1, ou se perguntando “Por que não pensei em falar isso naquela hora?” E ainda as avaliações de performance ou demissões. Muitos pensam que seria mais fácil quebrar esse papel em dois entre pessoas e tecnologia. Algumas empresas até fazem isso, mas eu não acredito nessa separação.

Por certo, você evoluiu por várias etapas no seu desenvolvimento técnico, conseguiu negociar soluções, simplificar problemas, fazer escolhas difíceis, trade-offs e navegar pela sua carreira para alcançar essa posição de liderança. Você foi forjado nesses desafios e seria um desperdício ignorar isso e se reduzir ao conhecimento técnico de uma linguagem, sistema ou framework. Aproveitar o que você sabe facilitará o caminho daqueles que você lidera e eles vão crescer com chances de se tornarem líderes também.

Porém, só para deixar claro. Sempre que eu usar a palavra líder, eu estarei falando no sentido de um facilitador, de um mentor, de alguém que está ajudando alguém a superar os desafios. Não gosto de pensar em líder como “chefe”. Aliás, não gosto nem dessa palavra.

Imagem do Mentor do He-man. 
Tech Leads deveriam gerenciar pessoas?
Mentor.
Para quem lembra do He-man

Deixa eu me explicar.

Por fim, fiz esse vídeo, no qual explico um pouco sobre o porquê eu acredito tanto que tech Leads deveriam gerenciar pessoas.

Esse assunto começou sendo discutido lá no meu instagram, me sigam: https://www.instagram.com/ffreitasalves/